Ago/2006

Segurança e a Logística Empresarial

*NINO RICARDO MEIRELES

A logística empresarial engloba todas as atividades de movimentação e armazenagem que facilitam o fluxo de produtos desde o momento da aquisição da matéria-prima até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informação que colocam os produtos em movimento, com o objetivo de providenciar níveis de serviço adequados aos clientes a um custo aceitável. Na própria definição de logística já podemos perceber que furto, roubo, dano, infiltração e sabotagem são ações criminosas que podem colocar em cheque a administração da logística. Esta constatação nos remete à importância da organização desenvolver uma análise de risco e de possuir um sistema de segurança e um plano de emergência para que possamos minimizar estes e outros riscos e, em não conseguindo evitá-los, possamos reagir da melhor forma possível.

Segundo Hamilton Pozzo a logística é uma nova visão empresarial que direciona o desempenho das empresas, tendo como meta reduzir o lead time entre o pedido, a produção e a demanda, de modo que o cliente receba seus produtos ou serviços no momento que desejar. Para que esta meta seja alcançada é necessário que a empresa possua um sistema de informação e, para que este sistema atenda às necessidades, é evidente a importância do subsistema de segurança das informações, não apenas das informações informatizadas, mas de todas as informações e também do controle de acesso aos microcomputadores e aos diversos setores, tendo-se sempre como norte o princípio da prioridade de proteção.


A atividade de logística pode ser dividida em dois blocos de atividades que são denominadas de primárias e de apoio. As atividades primárias são fundamentais para a obtenção dos objetivos logísticos de custo e nível de serviço que o mercado deseja, são elas: transporte, manutenção de estoques e processamento de pedidos. As atividades de apoio são aquelas que dão suporte ao desempenho das atividades primárias, sendo elas: armazenagem, manuseio de materiais, embalagem, suprimentos, planejamento e sistema de informação.

ATIVIDADES PRIMÁRIAS

Transporte

O transporte é considerado o elemento mais importante do custo logístico das empresas e refere-se aos vários métodos para movimentar produtos. Os sistemas básicos são: rodovias, ferrovias, hidrovias, aerovias e dutos.
Os critérios a serem seguidos para a escolha do modal são: custo, tempo médio de entrega, tempo de trânsito e sua variação e a análise de risco.

É possível que a necessidade leve a empresa a utilizar mais de um modal. As metas principais para a utilização do sistema multimodal são: redução no custo total, redução do tempo de trânsito em longos percursos, redução do impacto ambiental, redução do congestionamento nas rodovias e melhora do nível de serviço.

O principal problema do transporte de carga no Brasil é a distorção da matriz de transporte. Um país com dimensões continentais que deveria ter os modais ferroviário e aquaviário como os principais meios de transporte, tem no modal rodoviário a sua maior alternativa de transporte com um percentual de 60% da carga transportada.

Embora os maiores prejuízos no transporte de cargas se devam ao crime de roubo, outros riscos ou ameaças têm se revelado importantes: apropriação indébita, acidentes (colisão, tombamento, adernamento e deslizamento de carga), avarias (estragos ou perecimento) e contaminação ambiental por produtos químicos. Todos estes fatores são potencializados em virtude do péssimo estado de conservação da malha rodoviária do país.

Esta realidade demonstra a importância do subsistema de rastreamento de veículos e cargas através do Global Positioning System (GPS). Ao lado deste subsistema, podemos utilizar o subsistema de escolta armada, alternativa que deve ser precedida de uma avaliação criteriosa do trinômio custo X benefício X risco.

Manutenção de estoques

É a atividade para atingir-se um grau razoável de disponibilidade do produto em face de sua demanda. A grande preocupação da administração de estoques envolve manter seus níveis mais baixos possível, e ao mesmo tempo prover a disponibilidade desejada pelos clientes. Este objetivo para ser alcançado depende do sistema de segurança existente na organização, pois precisamos manter o furto minimizado.

Processamento de pedidos

É a atividade que dá partida ao processo de movimentação de materiais e produtos bem como a entrega desses serviços. A informação é fundamental nesta atividade e por conseqüência todas as vertentes do subsistema de segurança das informações devem ser utilizados.

ATIVIDADES DE APOIO

Armazenagem

É o processo que envolve a administração dos espaços necessários para manter os materiais estocados. Os armazéns podem estar localizados dentro ou fora da empresa. Para que possamos manter os riscos minimizados precisamos de diversos subsistemas do sistema de segurança, tais como: barreira perimetral, iluminação, controle de acesso, alarme e ctfv.

Manuseio de materiais

Envolve a movimentação de materiais no local de estocagem. Esta movimentação ressalta a importância do treinamento dos operadores das máquinas bem como a preocupação com a segurança no momento do recrutamento, seleção, admissão e demissão dos colaboradores, pois eles estarão em contato direto com as matérias-primas e os produtos acabados.

Embalagem

Tem o objetivo de movimentar produtos com toda a proteção e sem danificá-los. O subsistema de cvft e de recursos humanos têm papel fundamental, pois no processo de embalagem o furto é potencializado.

Suprimentos

É o procedimento de avaliação e da seleção dos fornecedores, da definição das quantidades a serem adquiridas, da programação das compras e da forma pela qual o produto é comprado. Nesta atividade os subsistemas de segurança da informação e de investigação são fundamentais para que a empresa busque parceiros capazes de levá-la ao sucesso.

Planejamento

É a base que servirá de informação à programação detalhada da produção dentro da empresa. Qualquer planejamento necessita de informações e de um grupo de trabalho comprometido. Diversos subsistemas de segurança são importantes, tais como: informação, investigação e gestão de pessoas.

Sistema de informação

São as informações necessárias de custo, procedimentos e desempenho essenciais para o correto planejamento e controle logístico. Tem como suporte o subsistema de segurança da informação.

Se a logística é fundamental para o sucesso de uma empresa a segurança empresarial é fundamental para o sucesso da administração da logística. As organizações não têm condições de chegar ao sucesso se não possuírem um sistema de segurança eficiente, eficaz e efetivo.

Nino Ricardo Meireles, é consultor de Segurança Empresarial, palestrante especializado em Segurança e professor universitário.